Pesquisar este blog na Web

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Remédios para sono e ansiedade matam, aponta pesquisa

  Isso mesmo! Remédios que deveriam trazer bem estar, tranquilidade e qualidade de vida foram alvo de pesquisa que os deixa em dúvida sob sua eficacia. Segundo a Page DM.COM.BR que trata sob esse assunto.
   Não é de hoje que medicamentos dessa natureza tem a mira da suspeita sobre si! Outros como Lexotan, Diazepan e afins já tem sido pesquisado devido as graves crises de abstinência que levaram pacientes a internação em clinicas especializadas. Há, também, a suspeita que tal crise leva pacientes a cometerem atitudes violentas que não cometeriam sob efeito das drogas autorizadas citadas. Isso não é dependência química?
    Não obstante existe  um movimento no próprio meio médico para fechar definitivamente o que chamam de ¨Manicômios¨ alegando que o individuo doente tem que viver em sociedade sendo a família responsável pelas atitudes do tal! Isso tem acarretado essa imensa onda de pessoas com transtornos mentais estejam soltas nas ruas , sem medicamento porque elas não os tomam se achando normais, causando enormes problemas sociais como próprio feminicídio!  
    Parece que os ¨catedráticos¨nos assuntos da mente jamais leram  O Alienista¨de Machado de Assis que revela as incoerências do real, translúcido, normal e anormal! O Próprio personagem central, o Alienista, muda suas opiniões sobre quem é o doente em sua cidade natal ao ponto de mandar prender, no Alienatório¨, a cidade toda. Alienista entenda-se como Psiquiatra hoje e Alienatório as Clinicas de tratamento de transtornos da mente!
     Essa minha rebusca em Machado de Assis da-se pelo fato que os próprios psiquiatras contemporâneos não se entendem e, muito menos, chegam a uma conclusão sobre tratamento do ¨transtornados¨ e, além disso, quando algum leigo alega: ¨o sujeito é louco e por isso tomou tal atitude¨ (Tipo feminicídio)

  * Abaixo parte da matéria de DM.COM.BR

Estudo observou que a taxa de mortalidade permaneceu alta entre os usuários

Postado por Projetos Especiais em 4 de janeiro de 2018 às 08h11
O uso indiscriminado de para sono e ansiedade como Rivotril, Xanax, Ativan e Valium causam risco de morte, atentam duas pesquisas, publicadas no American Journal of Public Health.

Curta nossa página no Facebook!

Para chegar a essa conclusão, foram analisados 2.802 usuários de remédios que continham o composto benzodiazepina. A pesquisa que durou cinco anos e meio observou que a taxa de mortalidade permaneceu alta entre os usuários de medicamentos com a substância, mesmo depois de isolar outros fatores, como o uso de drogas ilegais e comportamentos de alto risco. Além disso, até a conclusão do estudo, 18,8% do grupo morreu.
De acordo com o portal Metrópoles, a Organização Mundial da Saúde (OMS) indica o uso de benzodiazepina em casos de pacientes com ansiedade ou insônia grave que cause angústia extrema. (Foto: reprodução)

    Veja Também: Projeto urgente não é da reforma da Previdência srs. legisladores, mas sim o da morte de milhares de mulheres todos os anos  Mostre essa vergonha aos deputados e senadores...   http://troianosinformation.blogspot.com/2018/12/dossi-mulher-mostra-as-nuances-da-viol.html    Brasil! mostra sua cara....

    Agora pense em 8 de março

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Super