Pesquisar este blog na Web

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Estamos no Rio Grande do Norte, prazer, venha conhecer



16p-10 - Pré Máximo Postal - selo "Fortaleza dos Reis Magos" - Natal - RN



16p-10 - Pré Máximo Postal - selo "Praia de Genipabu" - Natal - RN



























27 de

 julho de 2009

16p - Folha de selos personalizados do Estado do Rio Grande do Norte

16p-01 - selo "Praia de Genipabu" - Natal - RN

A praia de Genipabu, a 25 km de Natal, é a mais famosa do Estado. O passeio de bugue pelas suas dunas, com parada para observar a linda vista da sua lagoa, é a principal atração turística do Rio Grande do Norte.
As dunas são uma espécie de “montanha russa”, onde a diversão é garantida nas manobras radicais dos bugueiros, motoristas profissionais credenciados pela secretaria Estadual de Turismo para realizar os passeios no Parque Dunas de Genipabu, área particular de preservação ambiental.
As Dunas de Genipabu são móveis. A ação do vento, muito intensa no RN, leva a areia de um canto para outro, alterando a paisagem e tornando até arriscada a movimentação dos turistas
 que não conhecem bem o local.

16p-02 - selo "Castelo Zé dos Montes" - Sítio Novo - RN

O castelo, localizado no municipio de Sítio Novo, impressiona os visitantes por sua estranha arquitetura de inspiração mourisca. Ele foi construído pelo aposentado Zé dos Montes, que afirma ter recebido instruções de Nossa Senhora para erguê-lo.

16p-03 - selo "Praia da Pipa" - Tibau do Sul - RN

A praia de Tibau do Sul - ou da Barra - é dividida pela movimentação da balsa, que ora traz os bugueiros que vem de Natal pela orla e ficam à espera em Malembá, ora levam turistas para a visitação àquelas dunas, com a agitação das barracas que comercializam o melhor da culinária regional e de frutos do mar. As águas mansas e rasas da Lagoa de Guaraíras, misturadas à água morna do Oceano Atlântico, proporcionam o lazer perfeito para crianças, principalmente, devido ao muro de contenção que se estende nesta praia e torna mais brandas as ondas que lá quebram, formando uma enorme piscina natural. Tem fácil acesso, pois se chega às suas areias a pé ou de automóvel, passando pelo Centro da cidade de Tibau do Sul.

16p-04 - selo "Fortaleza dos Reis Magos" - Natal - RN

Assim chamada em virtude de sua construção ter sido iniciada no dia 6 de Janeiro de 1598, dia em que se comemora o dia de Reis, a fortaleza foi construida pelos portugueses, com cal e óleo de baleia, para proteção da cidade do Natal.
Localizada em um ponto estratégico, às margens do Rio Potengi e do Oceano Atlântico, esta Fortaleza já foi palco de grandes batalhas.
O seu formato de estrela permitia que ele abrigasse canhões em suas cinco pontas, facilitando assim, a defesa das ameaças que viessem de qualquer direção.
Atualmente, a Fortaleza dos Reis Magos funciona como um museu, onde o turista tem acesso ao marco do descobrimento do Brasil, além de poder conferir também os alojamentos, as prisões, os canhões e uma capela com poço de água doce, que foram utilizados no passado pelas forças portuguesas.

16p-05 - selo "Praça Rodolfo Fernandes" - Mossoró - RN

Praça Rodolfo Fernandes da encantadora Mossoró é a famosa Praça do cinema PAX., inaugurado em 1943. Na época de sua inauguração, em 1943, era o maior e mais luxuoso cinema do nordeste. No meio da praça o Pavilhão Vitória - café, lanchonete, bar, um ponto de encontro.
A Praça Rodolfo Fernandes que já atrai visitantes em dias normais pela sua beleza, no período natalino ganha mais destaque por ser o ponto central do projeto de decoração de natal da cidade. Todos os dias várias famílias se reúnem no local que chama atenção de crianças e adultos. Entre os elementos mais atrativos está o trenó gigante e todo iluminado. As casinhas com papais Noel na chaminé também chamam a atenção da criançada que fica encantada em meio à tantas luzes e brilho.

16p-06 - selo "Teatro Alberto Maranhão" - Natal - RN

O Teatro Alberto Maranhão é monumento tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Rio Grande do Norte.
Conserva linhas e elementos da arquitetura francesa do final do século passado, além de cerâmica belga como revestimento do piso de entrada e da platéia. Sua construção teve início em 1898, obedecendo planta do engenheiro José de Berredo, no Governo Ferreira Chaves, sob a direção do Major Theodósio Paiva.

16p-07 - selo "Farol de Mãe Luísa" - Natal - RN

O Farol de Natal, que é mais conhecido como Farol de Mãe Luiza, ergue-se no bairro de Mãe Luísa, nome dado em homenagem a uma velha parteira.
É uma torre cilíndrica, de tijolo, com lanterna e dupla galeria. Todo o farol é pintado de branco.
Sua construção teve início em 1949 e foi concluída em 1951.

16p-08 - selo "Ponte Newton Navarro" - Natal - RN

A Ponte de Todos - Newton Navarro (mais conhecida popularmente como Ponte Forte-Redinha) está localizada na cidade de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte. Ela liga os bairros da Zona Norte de Natal e os municípios do litoral norte do estado, aos bairros da Zona Sul de Natal e do litoral sul, além de outras regiões da cidade passando pelo Rio Potenji. Devido a sua altura e imponência, logo virou atração turística.
O seu nome homenageia Newton Navarro, um importante artista potiguar.

16p-09 - selo "Pórtico dos Reis Magos" - Natal - RN

O Pórtico de Natal ou Pórtico dos Reis Magos é um monumento construído às margens da BR-101, dando boas-vindas a quem chega à cidade do Natal, no Rio Grande do Norte.
É formado por uma estrela cadente feita em aço de cor cinza e que à noite fica iluminada cortando de um lado a outra a BR e, abaixo dela, as estátuas dos Três Reis Magos.

16p-10 - selo "Praia de Ponta Negra" - Natal - RN

A Praia de Ponta Negra está localizada no bairro de mesmo nome em Natal, sendo um dos "points" da capital potiguar. Excelente para o banho, ganhou também um calçadão, iluminação e policiamento, proporcionando assim, uma boa infra-estrutura com bares, restaurantes, hotéis e comércio.

16p-11 - selo "Praia Barra de Cunhaú" - Canguaretama - RN

A praia Barra de Cunhaú, localizada a 85 km ao Sul de Natal, pertence ao município de Canguaretama e fica a 15 km da sede do município, que tem cerca de 30 mil habitantes. Vizinha da praia de Pipa, a vila de pescadores da Barra de Cunhaú está situada entre os rios Cunhaú e Catú, que deságuam no Oceano Atlântico. O rio Curimataú se junta ao Cunhaú a cerca de 3 km da foz.
Para muitos turistas, a Barra do Cunhaú é um lugar para descansar, de curtir a natureza sem pressa, ouvindo os sons naturais, como o vento a soprar as folhas dos coqueiros ou barulho do vai-vem das ondas quebrando na areia.

16p-12 - selo "Igreja Matriz de Martins" - RN

A igreja matrize e as Serras de Martins, são dois dos mais importantes pontos turísticos de Martins, cuja bela imagem a partir da serra encanta a muitos turistas que a visitam e desfrutam de um ar puro, fresco e um clima frio no meio do sertão.

--------------------------------------------------------------

Já conseguimos alguns postais para montagem de máximos, estamos aguardando mais algumas peças para providenciar os carimbos
A título de ilustração, colocamos as imagens dos postais, com os respectivos selos, que denominaremos de pré-máximos


16p-10 - Pré Máximo Postal - selo "Praia de Genipabu" - Natal - RN

16p-10 - Pré Máximo Postal - selo "Fortaleza dos Reis Magos" - Natal - RN

16p-10 - Pré Máximo Postal - selo "Praia de Ponta Negra" - Natal - RN

16p-10 - Pré Máximo Postal - selo "Praia de Ponta Negra" - Natal - RN
Texto do release dos correios sobre o lançamento

O Estado do Rio Grande do Norte agora é tema de selo personalizado. As imagens retratam as riquezas naturais e arquitetônicas desse paraíso brasileiro.
O fotógrafo Ivanaldo Fernandes Costa Júnior captou imagens maravilhosas , que mais parecem uma pintura.
Os clientes poderão associar imagens e marcas de sua preferência às localidades e paisagens com as quais mantêm laços de afetividade e/ou relações comerciais.
A folha de selos personalizados do Rio Grande do Norte é composta por 12 imagens.
DETALHES TÉCNICOS:
Código: 852008163; Quantidade de selos por folha: 12 conjuntos (selo postal/base + vinheta); Valor facial dos selos: 1º porte carta comercial; Tiragem: 10.000 folhas; Vigência: 27/07/2009; Solicitação/Encomenda: em todas as agências dos Correios Valor: Conforme tabela vigente

Próxima Série: Clique no título.
17 - Série Relações Diplomáticas - Holanda - Presença Holandesa no Brasil (04/08)
--------------------------------------------------------------
Série Anterior: Clique no título.
16 - Emissão Mercosul: Produtos de Exportação - Circuito das Frutas - Turismo Rural

Selos acidentalmente transformados e que passam a ter muito mais valor do que seus "irmãos" de tiragem

Selos que não deveriam passar no controle de qualidade, mas passaram.

  Claro que essa regra não se aplica a todos os selos nessa condição, depende, também, de uma serie de fatores como se o selo é emblemático, se ele tem grande valor cultural e histórico, as circunstâncias em que foi impresso ( em uma emergência , por exemplo), se ele é comemorativo ou regular (comum) e vários outros fatores que são levados em consideração além do acidente de passar em uma inspeção. No caso desse "Madrugada" ele marca uma passagem de transição histórica do Império para Repíblica que, como sabemos, se deu em uma madrugada para evitar derramamento de sangue, pois haviam muitos fiéis ao Império!  

Nosso "Madrugada Republicana" na foto e ao centro tem visíveis erros gráficos de esquadro, imagem rente aos picotes (dentição). Na margem esquerda, onde deveria ser a moldura, temos a parte do selo anterior a esse. A moldura inferior tem leve inclinação! Esse selo é um achado que escapou não só do controle de qualidade como de filatelistas.
Infelizmente alguns filatelistas levam demais a sério um certo catalogo que é uma verdadeira "bíblia" para eles!  Há pouco tempo saí de uma sociedade filatélica em função de um certo fanatismo.

   Mas tudo sobre filatelia começa, é claro, com o primeiro selo estampado na Inglaterra em 1840, o Penny Black




                                                                                                                                        Etimologicamente formada das palavras gregas phílos (amigo, amador) e atelês (franco, livre de qualquer encargo ou imposto), a Filatelia é normalmente definida como o ato de colecionar selos, especialmente aqueles considerados raros.Mas, muito mais do que um hobby de colecionismo, a Filatelia é, ao mesmo tempo, uma ciência e uma arte que   apaixona pessoas dos mais diversos lugares do mundo.
História do Selo Postal e da Filatelia
O primeiro selo do mundo, conhecido como Penny Black, surgiu na Inglaterra, em 6 de maio de 1840, dentro da reorganização promovida no serviço postal daquele país por Rowland Hill. Até essa data, o pagamento pela prestação do serviço de transporte e entrega de correspondências era feito pelo destinatário. A chegada do selo foi fundamental para o sucesso da reforma postal, que revolucionou os Correios no mundo inteiro.
Os primeiros selos do mundo têm como figuração a efígie (como a da Rainha Vitória, no Penny Black), o brasão ou a cifra.


O Brasil lançou seu primeiro selo em 1843 – a famosa série “Olho-de-boi” – e foi o segundo país do mundo a emitir selos. Seguiram-se os selos conhecidos como “Inclinados” (1844), “Olhos-de-cabra” (1850) e os “Olhos-de-gato” (1854).
.
Então... Aconteceu que uma tiragem do selo Inglês não saiu como a Rainha esperava : 
O Penny Black é o selo com adesivo mais antigo do mundo, tendo sido emitido pelo Reino Unido em 6 de maio de 1840. Embora mais de 60 milhões de unidades tenham sido impressas, algumas delas se tornaram artigos raros, devido a erros, inscrições ou mesmo ao seu uso. Originalmente, cada selo custava apenas um centavo de libra.O bloco de 12 selos da foto, com a margem inferior com a inscrição da folha original, vale nada menos que 675 mil libras (cerca de 2 milhões de reais), pois se acredita que seja o último grupo deste selo em coleção particular. O Penny Black posicionado de forma única com letra "imprimatur" (o que significa que veio da primeira folha de selos impressos de uma placa aprovada) também é um artigo raro, pois se acredita que apenas dois exemplares estejam em coleções particulares. Seu valor é de 275 mil libras, algo como 846 mil reais. Já um bloco de quatro selos, com margem à direita, criado para uso do governo, mas jamais usado, vale 300 mil libras, por volta de 923 mil reais. O americano Bill Gross, sócio da PIMCO, uma das maiores gestoras de recursos do mundo, deteve um bloco de 12 Penny Black que valem 480 mil libras (quase 1,5 milhão de reais). A Rainha Elizabeth II também é detentora de um exemplar raro deste selo.   Oras, é razoável que como o Penny e nosso Olho de Boi o "Madrugada Republicana" também se torne raro e igualmente importante, pois tem História! O mercado, independente de "catálogos" tem valorizado esse e outros selos difíceis de encontrar que vão se tornando um investimento para quem tem pouco capital.

   Falando em Olho de Boi, Já sabemos que foi o segundo selo a ser cunhado no planeta (para quem prefere, ESTAMPADO). Para entender melhor, as taxas de correspondência eram uma bagunça no mundo todo e cada província de cada país cobrava o que bem achava melhor para transportar uma carta. Nos EUA a bagunça era séria até que os governos dos estados interviram na questão das taxas, porem a emissão do "titulo" de entrega ficava a cargo da agencia. Com a emissão de selos pela Inglaterra e depois outros países foi um ponto final na confusão.
   Mas o nosso Olho de Boi também teve sua historia relevante de "cochilo"  do controle de qualidade, e , principalmente os inclinados de 30 centavos, tiveram variações de estampa. Os que não foram encontrados para serem queimados podem estar em algum baú de seu bis avô oi algum parente mais distante. Já houve casos de pessoas que encontraram pequenas fortunas desses selos mais antigos. Quem sabe você encontra ou alguém te venda algum por engano? Colecione selos, é bom contra stress, melhora a memoria, é cultura de Status e ainda pode de render algo!  Boa Sorte

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Uma quase trombada cósmica em nosso Sistema Solar a 70 mil anos! Pois é . Fomos invadidos por outra estrela. Veva mais



Matéria extraída do MSN com grifos nossos entre parenteses e outros, pesquisados, anexados   Nosso Sistema foi um sistema Binário por um cirto período de tempo
Estrela deu uma fina no Sol há 70 mil anos – e bagunçou a rota de vários cometas iStock Estrela deu uma fina no Sol há 70 mil anos – e bagunçou a rota de vários cometas

A parcela do universo que pode ser vista aqui da Terra tem ‎8.800.000.000.000.000.000.000.000.000 (8.8 octilhões de Km) quilômetros de diâmetro. É mais do que espaço suficiente para evitar que dois astros trombem um com o outro (se tivermos a tecnologia necessária, o que não era o caso a 70 mil anos), certo?
Errado, infelizmente!  Há 70 mil anos – uma época em que o ser humano ainda convivia com, ou como, Neandertais e não pintava as paredes das cavernas – a estrela de Scholz (será que puderam vê-la a olho nu?), que tem 9% da massa do Sol, passou a apenas 0,82 ano-luz dele. Isso pode até parecer muito na escala humana (afinal, são 7,7 trilhões de quilômetros), mas, na escala cósmica, é uma fina de dar medo. Para fins de comparação, a estrela mais próxima de nós hoje em dia é Próxima Centauri, que fica a 4,2 anos-luz daqui. Cinco vezes mais longe.
Por ter passado tão perto, a estrela de Scholz invadiu a nuvem de Oort: um acúmulo de pequenos pedregulhos cobertos de água, amônia e metano, que fica nos limites da área de influência gravitacional do Sol (Também chamado de cinturão dos cometas). Ok, bem mais longe que Netuno e Plutão ( Os "últimos" planetas do sistema solar). A anã-vermelha bagunçou o equilíbrio desses objetos, alterando as trajetórias de vários deles É uma conclusão obvia, pois nosso sistema planetario viveu dias de "BINÁRIO". Esse tipo de peteleco cósmico pode ser fatal para nós. Muitos asteroides que já vieram em direção à Terra estavam flutuando em paz na nuvem de Oort até terem seus caminhos desviados por uma anomalia desse tipo.
Nós já sabemos dessa aproximação arriscada desde 2015, quando um estudo da Universidade de Rochester, nos EUA, calculou a trajetória da estrela de Scholz no passado a partir de sua posição atual (ela já fugiu da cena do crime: atualmente, está a 20 anos-luz de nós). Mas um artigo científico mais recente, publicado em fevereiro, foi o primeiro a analisar o impacto dela sobre os asteroides próximos. Foram analisados 340 corpos da nuvem de Oort. E os que percorrem os caminhos mais estranhos estão no pedaço do céu em que fica a constelação de Gêmeos – justamente a direção de que veio a estrela de Scholz.
A coisa foi mais ou menos isso: 





 UA significa Unidade Astronômica! 
Não para por aí: lembra de ‘Oumuamua – o asteroide avermelhado em forma de charuto que veio de fora do Sistema Solar e derrubou a internet em novembro do ano passado? Foram encontrados oito colegas dele, que também provêm de confins desconhecidos da Via Láctea. Os cientistas sabem disso porque asteroides que vêm da órbita de outras estrelas seguem uma curva chamada “hiperbólica”.
"Quem sabe o fim das grandes criaturas da Terra não foi a tanto tempo quanto pensam, hem?".
Asteroides de dentro do Sistema Solar que tiveram sua trajetória alterada por algo grande – como a estrela de Scholz – também podem assumir essa curva e acabar, aos olhos dos astrônomos, sendo confundidos com asteroides interestelares. Em princípio, não é possível distinguir os “verdadeiros” dos “falsos”. Agora que se sabe detalhes de como foi a aproximação da anã-vermelha, ficou mais fácil distinguir um tipo de asteroide do outro – e isolar o pequeno grupo que realmente veio de outros cantos da galáxia. 

Super